domingo, 18 de janeiro de 2009

Afinal quem sou?


"Quando me ponho a pensar, vejo que nada sei da vida,
Vejo tudo frágil dentro de mim,
Vejo que meus pensamentos andam desligados dos meus atos e que minha inquietude depende das tantas coisas que rodeiam minha alma.
Sou santa, depravada...
Faço tudo que meu coração mandar, obedeço fielmente minhas razões...
Num dia, acato ordens e em outro desobedeço.
Contrario-as, refaço-as...
Meus sentimentos andam confusos, minha razões sem noção, e ainda teimo em querer saber o que passa dentro de mim.
Talvez nunca saiba ou então no momento em que eu me achar, saiba explicar e encaixar esse emaranhado de perguntas ainda sem respostas."

2 comentários:

Renata Miranda Ragagnin disse...

É minha cara...A cada dia que acordamos somos uma nova pessoa com novas maneiras de olhar pra vida... E que bom que é assim...

Rosamaria disse...

Obrigada pela visita e os desejos de feliz aniversário, Renata! Fiquei feliz!

Bjim.