segunda-feira, 17 de novembro de 2008

O Natal se aproxima




O Papai Noel chegou mais cedo por aqui e vou resumir um pouco das emoções que senti ontem à noite com sua chegada prematura aqui em um shopping da cidade. Foi tudo lindo, cavalheiros à frente, banda marcial, neve (artificial, claro!), e o bom velhinho sendo conduzido por seu trenó.

Crianças à volta, enlouquecidas pela emoção de vê-lo e com suas cartinhas em mãos para serem entregues. Papai Noel desceu de seu trenó, acenou e encaminhou-se para sua "casinha", onde ficará nos próximos dias. Filas se formavam pra que algumas fotos pudessem ser tiradas ao seu lado, enquanto isso, a banda insistia em comover, em deixar o ambiente em perfeita harmonia.


Naqueles instantes acreditei fielmente que existia sim Papai Noel, fui tomada por uma emoção grandiosa e tudo aquilo estava muito presente dentro de mim. As crianças, inocentes, colocavam suas cartinhas na caixinha de correio que ali se encontrava, os adultos faziam o que podiam para dar tamanha felicidade aos seus filhos, e o Papai Noel sorria delicadamente, suavemente ao ritmo natalino.


Vejo o Natal como uma renovação, vida, paz, alegria de receber o bom velhinho dentro de nossas casas. Aqui recebo sua visita desde que este lar foi habitado pela pureza e inocência de uma criança. Cada ano é uma festa, uma chama que se renova, uma luz que entra em nossos corações celebrando a vida. Sua chegada é esperada, programada e muito comemorada. Desculpem, mas este espírito natalino já tomou conta de mim e minha cabeça já está lá na ceia, nos presentes, na festa, na comemoração, no brinde, nos abraços, no sentimento de amor, de compaixão, nos sinceros desejos...


4 comentários:

Beth/Lilás disse...

Bom Dia, q

Beth/Lilás disse...

Bom dia, querida!
E que menininho mais lindo o seu filhote!

A alegria do Natal é mesmo contagiante, mas como o meu filho já é um rapaz, não vejo mais tanta graça.

Aproveite muito já que o seu ainda está nesta idade da emoção e do sonho.

grande beijo e uma ótima semaninha.

Ana disse...

Sabe por que são tão bons esses momentos?
Porque ficamos sintonizados com nossos filhotes. Nos sentimos igualmente puros, crédulos, confiantes... A vontade de chorar é inevitável! É emoção da melhor qualidade!
Parabéns por esta sintonia! Que ela acompanhe vcs para sempre!

Renata Miranda Ragagnin disse...

Mas não é que conseguiram um papai noel com as bochechas vermelhas ao natural? Impressionante! Hehehehe