quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Ó vida dura!

Estava pensando porque que nós, seres humanos, não comemos como os peixes? Sim, seria tudo mais fácil. Comprei uns peixinhos neste fim de semana passado e fiquei boquiaberta quando o vendedor me falou na quantidade de ração que eles deveriam comer.

Os peixinhos necessitam de uma bolinha minúscula de sua ração por dia, eu disse uma bolinha e esta bolinha pode-se dizer que é uma ervilha partida em 10 pedaços mais ou menos. Fiquei surpresa e isso roubou meus pensamentos de lá pra cá. Nunca antes tive estes bichinhos em casa e muito menos havia me interessado pelo assunto, de modo que, era leiga no quesito peixes.

Imaginem se nós precisássemos apenas desta porção para que pudéssemos ficar satisfeitos e nós mantermos alimentados por 24 horas? Eu estaria realizada! Os problemas com dietas iriam por água abaixo, as neuroses por comidas gostosas e extremamente calóricas ficariam fora das nossas cabeças e nós, mulheres, seríamos gratas por tamanha facilidade para manter o “corpicho”. Estou errada?

Dizem que os homens são como os peixes: ambos morrem pela boca, só que neste caso os peixinhos saem na frente, pois, são enganados ao serem fisgados e sequer sabem da realidade, enquanto os humanos estão cientes do grande mal que certos alimentos em quantidades excessivas causam à saúde.

Na próxima encarnação quero nascer um peixe, para experimentar a sensação de ser esbelta, não morrer de vontade de devorar um bolo inteiro de chocolate e não poder e também para não ter que ficar com estes quilos a mais me cutucando cada vez que a barriga insiste em dizer que está bem ali, pronta para ser analisada por quem quer que seja. A “cousa” não é fácil...Agora me dêem licença que vou lá na cozinha ver se meu brigadeiro já esfriou!

4 comentários:

Beth/Lilás disse...

Ah, como eu queria ser um peixinho!

Cuidado, menina, depois dos trinta fica mais difícil prá perder peso!

Nada de brigadeiros! Deixa prá mim. hehe
bjs cariocas

Flávia Fayet disse...

Humm, não sei se gostaria não de ser um peixe...Não poder comer brigadeiro, lazanha e td mais! Hehehe... Bjs

joão áquila disse...

bom, conheços uns amigos que comem verdadeiras rações, quanto à dieta, eu não me preocupo com isso, pelo menos agora. já na próxima ecarnação... que encarnação?

Michelle Dangeli disse...

Huahuahuahuahua, ótima essa idéia dos peixes!!!